Propondo um feed de notícias melhor pro Facebook

Propondo um feed de notícias melhor pro Facebook

Desde que lançou o Deep Work Cal Newport vem evangelizando que se você não trabalha diretamente com o público ou algo parecido você deve excluir todas as suas contas nas mídias sociais.

Ele vem falando disso em quase todos os posts do blog e é algo que já estava começando a me irritar, porque tava na cara ser um caso de confirmation bias.

No fundo o que eu sentia era que o Facebook tinha um pouquinho de coisa boa sim (vou focar nele porque de todas as redes é a única que eu já pensei em excluir). Não sou heavy user das mídias sociais mas nunca fui muito fã dele, desde o início. Desgosto tanto que até hoje me recuso a baixar o aplicativo pro meu celular.

Tenho várias críticas sobre o site mas de longe o que mais me irrita é o algoritmo do feed de notícias. Não consigo engolir a ideia de ter um computador selecionando o que eu vou ou não vou ver (se ele escolhesse coisas boas ok, mas não é o caso).

Juntando tudo isso e meu interesse por dados eu resolvi criar um experimento: propor um novo algoritmo pro o meu feed. Ao ver cada post na timeline eu preenchia 4 variáveis: autor (string); tipo do post (string); nota pro post (int); acrescentou algo na minha vida? (bool);

           Autor      Tipo       Nota    Útil?
_____ ________ _____ _____

#1 'Vídeo' 4 n
#2 'Vídeo' 7 n
#3 'Foto' 2 n
#4 'Texto' 2 n
#5 'Evento' 3 s

O objetivo era coletar dados por 1 semana e depois analisar para identificar que tipos de post tinham mais valor pra mim e que pessoas me traziam mais valor com os post. Infelizmente eu não consegui concluir o experimento porque eu descobri algo muito importante: nada ali tava acrescentando algo na minha vida.

Depois de 3 dias coletando dados eu simplesmente parei. Me sentia bem idiota olhando os posts e colocando as notas baixas no excel. O interessante é que eu fazia isso todos os dias (olhar os posts) mas nunca tinha parado pra avaliar a relevância do que eu via.

Coloquei nota em uns 200 posts nos 3 dias. Desses 200 apenas 2 conseguiram nota maior do que 7 (meu ranking ia de 0 a 10). E sobre a utilidade na minha vida, só os posts com informações sobre eventos acrescentavam informações úteis pra mim.

Moral da história: parei de olhar meu feed de notícias. Só vejo minhas notificações e olho a lista com eventos que o Facebook diz serem populares na minha rede. Se os estudiosos já comentam sobre como o “dar unfollow em pessoas que não concordam com você” era algo preocupante, imagina o que devem achar do narcisismo de só olhar as próprias notificações?

Mas é a escolha que eu fiz. O melhor é que melhorou muito minha relação com o site, agora a sensação é de que sou que tenho o controle sobre mim, não os algoritmos de Zuckerberg. No fim das contas agora eu acho que talvez Cal Newport esteja certo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s